Opiniões honestas (Oh!)

A partir de agora, usarei esse título para partilhar reflexões e encantamentos cotidianos.

Por exemplo: recentemente, realizei uma aspiração nutrida já há mais de 30 anos. Fizemos uma pausa de 2 dias e fomos a Montagnola, cidade do cantão italiano aqui na Suíça, onde fica o Museu Hermann Hesse.

Foto Marge Daien Oppliger – Sala de trabalho de Herman Hesse – Montagnola, TI – Suíça

Tenho uma longa relação de amizade inspiracional com Hesse. Conheci a obra dele presente de um livro que meu irmão Gabriel me trouxe (“Demian”), e depois pela partilha com meu dileto amigo Valdelir Perufo sobre “Pequenas Alegrias”, “O jogo das contas de vidro”, “Sidarta”, e por aí vamos.

O fato é que uma visita ao museu e um breve mergulho na história de vida de Hesse foi uma fonte generosa de incentivo a retomar uma conexão mais efetiva com a simplicidade, com a autenticidade do que traz sentido para minha existência, e uma generosa dose de contato com as belezas da Natureza.

Oportunamente, partilharei mais sobre esse passeio, mas desde já quero estimular que você observe o que traz energia e contentamento para a sua vida. E dê passos cotidianos – ainda que pareçam pequenos – no sentido de manter bem viva a fonte de suas inspirações

Compartilhe

Assine nossa Newsletter

e receba conteúdos exclusivos, como: práticas, textos, sugestões de leitura e muito mais

Conteúdos relacionados

Sociedade

Sociedade – substantivo feminino: agrupamento de seres que convivem em estado gregário e em colaboração mútua. Conceito: uma sociedade é uma estrutura ampla, na qual

Ler mais»

Como cultivar um bom coração?

Aprecio observar os significados das palavras. Usualmente, quando olho com mais cuidado, ficam evidentes alguns sentidos que escapam num primeiro momento. No caso dessa pergunta,

Ler mais»

Passo a Passo

Usualmente, quando referimos a adoção de uma prática benéfica para acalmar nossa atividade mental e harmonizar nossas emoções, ocorre a tentativa de colocar essa proposta

Ler mais»
pt_BRPortuguese